Fitub: quarta-feira tem programação repleta de cultura

O 31º Fitub entra no sétimo dia com uma programação de espetáculos e também lançamentos de livros e revista. Aberto oficialmente no dia 12 de julho, o Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau tem na programação mais de 40 apresentações, entre teatro, música, dança, palestras e oficinas.

Hoje ás 16 horas, o Salão de Festas do Teatro Carlos Gomes recebe o lançamento de cinco obras literárias relacionadas ao teatro.

De Eduardo Tudella, da Bahia, o livro A luz na gênese do espetáculo, trata de aspectos específicos das relações entre a luz e a cena, com foco de sua discussão no Brasil. O autor faz a ponte entre os estudos teóricos e a reprodução da história do espetáculo, estudando também outros elementos que fazem parte do discurso visual de uma práxis cênica. Com um extenso trabalho historiográfico, transita pela história da arte, dos gregos até a atualidade, compreendendo o espetáculo como obra composta, cuja efetivação congrega o trabalho de diversos artistas.

Performar Debates é um livro organizando por Sérgio Andrade e Silvia Chalub, do Rio de Janeiro. Reúne textos debatendo o exercício da crítica das artes, especialmente em dança e performance, e suas interfaces com a dramaturgia, a curadoria e a formação teórica.

Lígia Tourinho e Luciana Mitkiewicz são organizadoras do livro Bonecas Quebradas: Ensaios de um processo criativo em teatro documental. A ideia de lançar um livro sobre o processo de montagem do espetáculo Bonecas Quebradas dialoga com o desejo da equipe de criação de publicizar os fatos de violência contra a mulher, ampliar a discussão sobre o tema e compartilhar com o leitor os pensamentos que nos acompanharam durante todo esse percurso. O processo de criação possibilitou o encontro de artistas e pensadores de diferentes cidades.

Seis textos breves para estudantes de teatro, de Afonso Nilson, traz uma coletânea de peças teatrais escrita para grupos de alunos e professores de artes cênicas. São ideais para exercícios de cena, provas das disciplinas de encenação e direção, bem como para montagens de fim de ano ou curriculares de cursos de teatro. Escritos entre 1999 e 2005, os textos mantém um viés cômico, utilizando recursos como a ironia e o nonsense.

Michelle Silveira da Silva lança nova edição da Revista Palhaçaria Feminina. Publicação inédita nesse formato, escrita somente por mulheres palhaças. Surge como um espaço de reflexão, divulgação, registro e fomento feito por mulheres no Brasil e no mundo! Uma forma de escrevermos e registrarmos nossas experiências e nossos desafios, visto que os livros sobre palhaço até então não contam essa história!

Espetáculos desta quarta-feira

O Grupo Teatral Phoenix, projeto de extensão da Furb e comunidade, apresenta o espetáculo Duas Famílias Rivais, às 18h, no Pequeno Auditório Willy Sievert do Teatro Carlos Gomes.A encenação é uma adaptação da obra de William Shakespeare. A classificação é 14 anos.

Às 19h, o Galpão de Arquitetura da Furb recebe a Escuela Metropolitana de Arte Dramático de Buenos Aires, com o espetáculo Todas las anteriores. Uma viagem rumo a outros mundos para lembrar de onde viemos e entender porque estamos onde estamos. A classificação é 14 anos.

Ser Pó é um espetáculo do Grupo Cactu, da USP, criada a partir do conto homônimo do argentino Santiago Dabove, narrando transformações de um homem em meio às ruínas de um cemitério abandonado. Com duas sessões, às 20h e às 22h30, no Palco do Grande Auditório Heinz Geyer, no Teatro Carlos Gomes. A classificação é 12 anos.

No Centro Cultural da Vila Itoupava, às 19h30, será apresentado o espetáculo Resquício. O espetáculo fala sobre loucura e o amor pela arte de duas senhoras que sempre viveram no circo e que agora vivem na rua em busca de um público. A classificação é 10 anos.

A Celebração da Nossa Carne é uma performance desenvolvida no curso de Artes Visuais da Furb. Dois corpos sentem tudo aquilo que querem ou não sentir. A voz do outro perfura músculos. Os corpos(CARNE) tentam criar suas identidades. Vermelhos. Arbitrários. Celebram a ausência de sua voz, comungada pelo outro que vocifera suas inquietações. Será na Escola Carona, do Teatro Carlos Gomes, às 22h. A classificação indicativa é 16 anos.

Programação Completa e Bilheteria

Todas as informações do 31º Fitub estão disponíveis no site http://furb.br/fitub e nas redes sociais oficiais no Facebook, e Instagram via @fitub. Interaja com o festival e todo o público usando a hashtag #31fitub

Texto: Iuri Kindler – Assessoria de Imprensa
Imagens: Divulgação livros / Espetáculo Ser Pó

Anúncios