30º Fitub: Eventos especiais integram o festival

O abertura oficial do Fitub de número 30, ocorre oficialmente hoje, dia 6 de julho, a partir das 20h30min, com a solenidade de abertura comemorativa pela trigésima edição e logo após as cortinas se abrem para o Espetáculo UZ do Grupo La Vaca Companhia de Artes Cênicas de Florianópolis. O enredo mostrará que a vida de habitantes de uma pequena cidade, que aparentemente parece perfeita, pode mudar de uma hora para outra. Grace, personagem protagonista tentará matar um dos seus filhos, ordenada por uma voz do além. Isso abrirá caminho para hipocrisias e perversões antes escondidas nas entranhas da boa conduta. Bem humorado, crítico e pungente o espetáculo terá 95 minutos. A classificação é 14 anos. Ingressos antecipados estão esgotados, mas há uma cota reservada para ser liberada uma hora antes do início do evento, na bilheteria, no Teatro Carlos Gomes.

No total, serão 23 espetáculos que dentro da programação somarão mais de 40 apresentações no Teatro Carlos Gomes e palcos especiais pela cidade. Além dos espetáculos, há também uma agenda especial do Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau voltada ao debate, ao ensino pesquisa e também à diversão. Os primeiros já acontecem nesta sexta, sábado e domingo.

Mulheres fortes

Já no dia 7, a partir das 15 horas, no Salão de Festas do Teatro Carlos Gomes, acontecerá a mesa redonda Mulheres no Teatro (Somos Muitas, apresentada e mediada por Pita Belli, atriz, educadora e pesquisadora que coordenou o Fitub até a 29º edição. Junto de Andrea Ojeda (Argentina), Bya Braga (Minas Gerais), Hebe Alves (Bahia) e Lígia Tourinho (Rio de Janeiro), serão debatidos assuntos sobre as muitas transformações no comportamento da mulher nos últimos 50 anos. O grande questionamento é então, como representar as questões que a mulher enfrenta no dia a dia fugindo de estereótipos? É preciso levar em conta que existe uma história e o feminino é uma construção de anos. A partir dessa perspectiva, a conversa é sobre a contribuição e qual a representatividade da mulher no teatro brasileiro. A participação é gratuita.

Outro evento especial da agenda é o Show Musical com Freedas. Inspirada pela figura de Frida Kahlo e tudo o que ela representa enquanto mulher dentro do cenário cultural mundial, a apresentação é também uma brincadeira com as personagens mulheres típicas de origem alemã, frequentemente associadas à cidade de Blumenau, de onde são as duas irmãs Carol (SrtaV) e Gika Voigt, que comandam o show. Será no sábado, dia 8, às 22h30min na Praça do Teatro Carlos Gomes.

No domingo, o Cortejo Teatral reunirá teatreiros, integrantes de movimentos culturais e o público em geral na Praça do Teatro Carlos Gomes, às 11h30min, para então seguir pela rua XV até a Feirinha da Servidão Wollstein, na rua Curt Hering, onde será apresentado em espaço aberto o espetáculo Júlia, do grupo Cirquinho do Revirado, de Criciúma. A história é de da protagonista homônima, uma mulher das ruas, junto de Palheta, seu fiel escudeiro. Na bagagem, coisas do mundo, coisas da vida, tantas coisas. Entre realidade e ilusão há uma linha muito tênue, onde uma mulher sem pernas seria capaz de rodopiar. Excluídos pelos excluídos, dizendo-se donos dos restos de um circo incendiado.

Programação na palma da mão

Toda a programação, classificação indicativa, tempo das sessões e valores de ingressos, podem ser conferida no site furb.br/fitub e no aplicativo Fitub disponível para sistemas Android e iOS, que está nas lojas oficiais Google Play e Apple Store. Nas redes sociais, é só seguir o @fitub, com informações sobre a semana mais cultural de Blumenau, no Facebook, Instagram e Twitter.

Texto: Iuri Kindler – Assessoria de Imprensa

Imagens:
Pita Belli por Daniel Zimmermann
Freedas – divulgação
Espetáculo UZ – divulgação

Anúncios